Ciências Exatas: Dos cálculos ao serviço

“É possível servir na área de exatas?” essa foi a pergunta que me atormentou durante boa parte da minha graduação em Química. Talvez porque eu não tivesse recorrido às pessoas certas ou ainda acreditasse na questionável visão de que apenas pessoas nas áreas de saúde podem ajudar outras, e que somente as áreas de humanas, têm algo a dizer. Eu começo esse texto, então, na … Continuar lendo Ciências Exatas: Dos cálculos ao serviço

Série liderança (1) – Cinco “achismos” que o líder deve evitar

Este artigo fará parte de uma série de três textos que abordam questões práticas, relacionadas à liderança na igreja, podendo ser aplicado aos pastores ou aos líderes de ministério. Minha intenção ao escrever artigos sobre liderança cristã (pretendo falar mais especificamente sobre isso em um futuro artigo!) surgiu ao longo do meu envolvimento na igreja, como filho de pastor que sempre vivenciou o ambiente cristão … Continuar lendo Série liderança (1) – Cinco “achismos” que o líder deve evitar

Meu maior medo como cristã e cientista

Agora eu realmente acho que entrei em uma saia justa com essa frase. Falar sobre medo representando dois grupos que potencialmente detestam admitir o medo… Fugir da vulnerabilidade é uma coisa que cristãos e cientistas têm em comum, talvez porque sejam dois grupos que estejam constantemente em busca da verdade. No caso de cristãos, porque alguns ainda acreditam no tabu de manter a aparência de … Continuar lendo Meu maior medo como cristã e cientista

A Benção da Oração [Com Planner]

Esse estudo nasceu, na verdade, de um resumo que eu quis fazer do livro do Dietrich Bonhoeffer “Orando com Salmos” para mim mesma. Sempre achei que eu orasse pouco, e que estava na hora de dar atenção a esse assunto que é muito mais essencial para nossa vida do que qualquer outro debate. Eu não sei quando isso aconteceu, mas em algum momento eu comecei … Continuar lendo A Benção da Oração [Com Planner]

“Tenho medo de compromisso”

Ao me deparar com algumas amigas pedindo opinião sobre relacionamentos, não foram poucas as moças que mencionaram a sentença: “Talvez o relacionamento não dê certo, tenho medo de compromisso”. E por favor, não entenda isso como um exposição vergonhosa, é mais uma reflexão mesmo. O que faria moças cristãs que levam a sério relacionamento, casamento e se abstém de uma vida emocional e sexual “à … Continuar lendo “Tenho medo de compromisso”

Discipulando Mulheres #repost

Não dá para viver o romance adolescente para sempre, não é? haha Foi pensando nisso que decidimos tirar a palavra “meninas” (DiscipuladoGirls) desse post e colocamos “mulheres”. Não que a jovialidade seja ruim, mas fugir do amadurecimento, sim. Em Tito 2 aprendemos sobre a importância de mulheres mais velhas ensinarem as mulheres mais jovens sobre vida cristã e amadurecimento. Foi querendo estimular esse tipo de … Continuar lendo Discipulando Mulheres #repost

Porque me casei

Me casei porque… Nós dizemos: “Casar acaba com a juventude, é para quando estiver velho e não tiver mais opção“, mas Deus diz: “Seja bendita a sua fonte! Alegre-se com a esposa da sua juventude”. (Provérbios 5:18) Nós dizemos: “Tenho muitas coisas a conquistar“, mas Deus diz: “Se não for o Senhor o construtor da casa, será inútil trabalhar na construção”. (Salmos 127:1) Nós dizemos: … Continuar lendo Porque me casei

[ELEIÇÕES] Martirizado ou torturado?

Nos últimos anos é frequente a tentativa de revisionismo teológico de termos cristãos. Bom, isso não é novo, mas nesta eleições o revisionismo deixou a academia e alcançou as massas. Historicamente, a igreja tem denominado o sofrimento vicário de Cristo e de todos os seus discípulos como “MARTÍRIO”. Inicialmente mártir significava “TESTEMUNHA”, pessoa que sofre pela mensagem de Deus, explicitamente um sofrimento de causa teológica, … Continuar lendo [ELEIÇÕES] Martirizado ou torturado?

Minha maior aventura na Universidade

     Entrei na Universidade Federal do Pará (UFPA) com a certeza de que teria muitas experiências, e quem sabe, eu realmente buscasse isso na época. É um momento de muitas expectativas, e também de muita vulnerabilidade (“fala sério, Pamella”), é sim. É muito fácil o jovem, que entra como uma esponja, se perder pelo caminho, e não sei o que isso significa pra você: … Continuar lendo Minha maior aventura na Universidade